Ilha do Combú

 

 

 ilha do condu

     O presente projeto surgiu a partir das necessidades detectadas no Relatório Socioeconômico e Diagnóstico Local, realizado por um grupo de estudantes do Curso de Administração de Empresas com Ênfase em Gestão Pública no ano de 2005, o qual foi apresentado aos moradores de uma comunidade na ilha do Combú, no auditório da Faculdade de Belém (FABEL).

      Apesar de se constatar inúmeras problemáticas e ou dificuldades que impedem o desenvolvimento da comunidade, salienta-se as condições de higiene básica. Por essa razão, o primeiro projeto desenvolvido a partir do diagnóstico local, denominado “ÁGUA LIMPA PARA TODOS”, priorizou o fornecimento de água potável. A água foi considerada prioridade, porque muitos moradores viajam até Belém em busca de água potável. Além disso, no único posto de saúde, a água utilizada para qualquer tipo de atendimento é a do rio.

      O Projeto “ÁGUA LIMPA PARA TODOS” tem como objetivo principal, ofertar água de qualidade, para os moradores ribeirinhos que vivem em uma comunidade da Ilha do Combú, denominada Beira Rio, localizada de frente para Belém. Nesta comunidade foi encontrado o maior índice de crianças com doenças causadas pela água contaminada do rio.

      Este projeto foi apresentado no dia 14 de fevereiro de 2007, pelo acadêmico de Administração Guilherme de La Rocque, da turma 5ADN1, ao Diretor Geral da Faculdade de Belém, Prof. Ivan Guilherme de La Rocque Pinho, o qual encaminhou para o Núcleo de Apoio à Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, sob a coordenação da Prof. Danielle Graim Cardoso para implantação do projeto. A coordenação do NAPE designou a docente Maria do Socorro Macedo Reis para a orientação do projeto.

      O primeiro passo de implantação do projeto foi a visita à comunidade da Ilha do Combú, realizada no dia 17 de março de 2007, para a apresentação do projeto. Neste encontro, estavam presentes os representantes das cinco comunidades da ilha – Combú, Beira Rio, Furo do Combú, Piriquitaquara, Sebastião Benedito, Furo da Paciência e proprietária do restaurante Saudosa Maloca. Após a apresentação do projeto e exposição dos presentes, ficou marcado para o dia 28/04/07 a partir das 09 horas, a 1° ação estratégica do projeto com a sensibilização, cadastro das famílias e a entrega das primeiras máquinas.

      No dia 28 de abril de 2007, às 09 horas ocorreu a 1° ação estratégica do projeto. Participaram dessa ação, a Diretoria Geral da Faculdade de Belém – Prof. Ivan Guilherme de La Rocque Pinho, a coordenação do NAPE (Núcleo de Apoio à Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação) – Danielle Graim Cardoso; coordenação de Administração – Karla Dezincourt; orientadora do projeto – Profa. Maria do Socorro Macedo Reis; o autor do projeto – Guilherme de La Rocque e acadêmicos de todos os semestres do curso de Administração.

      A ação começou com o cadastro das famílias da comunidade Beira Rio. Posteriormente, foram realizadas duas palestras de sensibilização com os seguintes temas: 1) A importância da preservação dos rios, realizada pelo acadêmico de Administração Emanoel e 2) Água e qualidade de vida, realizada pela acadêmica, Maria das Graças. Em seguida, foi feito a entrega das máquinas às famílias. Foram entregues duas máquinas, as quais têm a capacidade de fornecer água potável para 10 famílias da comunidade Beira Rio. Para finalizar, foram sorteados quites com camisas e bonés, para as famílias cadastradas.

      As máquinas foram instaladas nas proximidades das casas das famílias beneficiadas, por técnicos da TOP LINE, que também deram informações e fizeram demonstrações da utilização do sistema ribeirinho de água potável.

      Essa foi apenas a 1° ação de um projeto que pretende beneficiar os moradores da comunidade Beira Rio da Ilha do Combú com água potável e, principalmente, com qualidade de vida.